Hospitais e unidades de saúde são locais que, por receberem diariamente um grande número de pessoas, acabam ficando expostos a todo tipo de risco –de acidentes, biológicos, ergonômicos, físicos e químicos.

E com tantas ameaças possíveis em um único ambiente, a prevenção se torna necessária. Dessa forma, é fundamental que os hospitais adotem medidas de segurança, e contem com a presença de profissionais da Saúde Ocupacional.

Dentre os riscos presentes no ambiente hospitalar, além de instalações inadequadas, com risco de quedas por exemplo, há também possíveis contágios por vírus, bactérias e parasitas, exposição irregular à radiação, manuseio de objetos perigosos e perfuro cortantes, contaminação biológica e manipulação indevida de lixo hospitalar.

Para evitar os riscos citados, portanto, os hospitais devem adotar medidas de segurança como:

Dosímetro individual: Aparelho usado para medir a carga de radiação a qual o trabalhador está exposto, o dosímetro é utilizado por profissionais que atuam próximos a equipamentos que emitem radiação, como,por exemplo, técnicos em raio X. O dosímetrodeve ser enviado mensalmente a um laboratório para análise das doses e acompanhamento de dados.

Medidor de radiação: Ferramenta utilizada para medir a quantidade de radiação que os equipamentos liberam no ambiente como um todo.

Calçados adequados: No ambiente hospitalar, para evitar possíveis quedas, o uso de calçados abertos deve ser proibido. O sapato adequado deve ser fornecido pelo hospital, sem custo nenhum aos trabalhadores.

Máscaras de proteção: Os funcionários que têm contato com produtos químicos e pessoas doentes precisam utilizar máscaras respiratórias para evitar contaminações e intoxicações.

Luvas: A fim de impedir o contato com agentes químicos, o hospital deve fornecer aos colaboradores luvas de látex de tamanho adequado.

Além dessas medidas preventivas, os colaboradores precisam receber treinamentos de segurança e realizar um controle de saúde através de exames ocupacionais (laboratoriais, audiométricos, radiológicos, etc.) como determina o PCMSO (Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional). Ter uma equipe preparada dentro da empresa reduz as chances de acidentes e outros imprevistos no ambiente laboral.

No portal da SOB (Saúde Ocupacional Brasil) você encontra mais informações, notícias e dicas sobre segurança do trabalho.

Por Manoela Campos