Durante a Semana Nacional de Trânsito, que acontece anualmente entre os dias 18 a 25 de setembro, discute-se a importância de tornar o ambiente viário brasileiro mais seguro para motoristas, motociclistas e pedestres.

O objetivo da campanha é conscientizar os condutores sobre suas atitudes no trânsito e apontar a necessidade de se respeitar a legislação e os demais usuários.

O trânsito brasileiro é apontado como o quinto mais mortal do mundo, segundo apontamento da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A cada ano cerca de 400 mil pessoas sofrem acidentes de trânsito no país, e 47 mil morrem por complicações desses acidentes. Este é o cenário indicado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária.

Atitudes como as citadas a seguir contribuem para elevar os índices de acidentes e atropelamentos, portanto procure estar sempre atento para não cometê-las.

  1. Conduzir sob efeito de álcool e outras drogas;
  2. Usar o celular enquanto dirige;
  3. Exceder o limite de velocidade permitido;
  4. Desrespeitar a sinalização e as leis de trânsito;
  5. Não utilizar o cinto de segurança;
  6. Não realizar manutenções recorrentes no veículo;
  7. Ultrapassagens em locais proibidos e a não tomada da distância de segurança em relação ao veículo da frente.

Se você, ou seus colaboradores trabalham com transporte de cargas, saiba que, para garantir a segurança durante a jornada de trabalho, existem medidas de proteção que devem ser acatadas e postas em prática na rotina da empresa.

  • Distribuição do peso: Antes de pegar a estrada, certifique-se de distribuir corretamente a carga do caminhão. Isso trará uma melhor estabilidade para o veículo;
  • Retrovisores: Ajuste corretamente os espelhos retrovisores para melhorar a visão e reduzir os pontos cegos;
  • Manutenção: Faça sempre as revisões indicadas pelo mecânico dentro dos prazos agendados;
  • Cinto de segurança: Antes de ligar o veículo não esqueça de fixar o cinto de segurança. Esse item reduz consideravelmente o número de óbitos em caso de acidente;
  • Revisão de itens: Confira alguns itens do caminhão antes de pegar a estrada. Se atente à pressão pneumática do sistema, se há vazamentos de ar, água suficiente no reservatório, condição dos freios, desgaste das lonas e demais componentes e situação dos pneus.

Além de cuidar do veículo, o motorista deve também zelar por sua própria saúde, por isso, recomenda-se seguir uma alimentação saudável e adotar pausas para descanso após longas horas atrás do volante.

No portal da SOB (Saúde Ocupacional Brasil) você encontra outras temáticas sobre segurança no trabalho e Saúde Ocupacional. Continue nos acompanhando.

Por Manoela Campos

COMPARTILHAR
Artigo anteriorResíduos tóxicos
Próximo artigo18/10: Dia do médico