Em locais fechados e de grande concentração de pessoas o risco de contaminações por vírus e outras doenças é geralmente maior, principalmente em épocas de clima frio e temperaturas baixas.

Empresas e outros estabelecimentos de trabalho que costumam abrigar várias pessoas durante o horário de expediente acabam se tornando o local ideal para a proliferação de doenças.

Nesse contexto, a vacinação se torna uma importante aliada no bom funcionamento das instituições, pois protege os funcionários, diminui os riscos de contágio para sociedade e melhora o bem-estar no espaço de trabalho.

Aderir a chamada vacinação ocupacional e investir em campanhas internas resulta em mais economia do que gastos para a empresa. Ao manter a carteira de vacinação dos funcionários em dia, a propagação de doenças transmissíveis e as despesas com licenças por adoecimento tendem a diminuir, à medida que a qualidade de vida do trabalhador aumenta.

Com o objetivo principal de prevenir doenças que afetam diretamente o ambiente de trabalho e o desempenho do funcionário, a vacinação interna também contribui para a criação de uma relação de confiança entre empresa e colaboradores, e melhora a imagem da instituição perante os clientes.

Quer saber mais sobre bem-estar e segurança no trabalho? Acesse o portal da SOB e confira outras matérias.

Por Manoela Campos