No Brasil comemora-se anualmente em 5 de agosto o Dia Nacional da Saúde. Instituída pelo Ministério da Saúde e da Educação e Cultura, em novembro de 1967, a Lei nº 5.352 determinou a criação dessa data com a finalidade de promover a educação sanitária, e despertar na sociedade a consciência de se valorizar a saúde.

O 5 de agosto foi escolhido justamente como homenagem ao nascimento de um importante personagem da história brasileira: Oswaldo Cruz. O médico sanitarista foi o grande responsável pela erradicação de perigosas epidemias – como peste, febre amarela e varíola –  que vitimaram centenas de pessoas entre os séculos XIX e XX.

Mas apesar da instituição de um dia específico para a saúde, zelar pelo bem-estar deve ser parte da rotina dos brasileiros, uma vez que saúde não se caracteriza somente pela ausência de doenças, mas sim pelo equilíbrio entre organismo e ambiente externo.

Fatores como qualidade de vida, tanto no ambiente de trabalho quanto fora dele, estabilidade psíquica, e claro conforto físico são apenas alguns dos elementos que caracterizam uma boa saúde.

E para garantir que a saúde esteja sempre em dia, é ideal aderir a alguns hábitos. Praticar exercícios físicos, ingerir alimentos saudáveis e naturais, ter uma boa noite de sono, e tirar um tempo para relaxar são essenciais.

Já durante o expediente, o bem-estar e a saúde são assegurados graças ao trabalho da Saúde Ocupacional, visto que, o ambiente de trabalho também deve promover boas condições para que os colaboradores exerçam sua atividade de maneira saudável.

Seja no Dia Nacional da Saúde, ou em qualquer outra data, nossa saúde deve sempre ser colocada em primeiro lugar, pois dependemos dela para realizar as atividades mais básicas do dia-a-dia.

Se você se interessou pelo conteúdo e quer continuar se informando sobre saúde, bem-estar e ambiente de trabalho, siga acompanhando o portal da SOB (Saúde Ocupacional Brasil).

Por Manoela Campos